Desabafo de quem não conheceu o amor

          dark-1283752_960_720 (1)
                Tenho um coração partido. Um coração que eu mesma parti. Sofri uma queda grande que me causou graves ferimentos. Sofri com uma queda da qual eu mesma me joguei. Cometi erros como se fosse uma criança que não sabe o que faz. E de repente acordei adulta, percebendo que tinha milhões de decisões para tomar, diversas mudanças para acontecer, traçando um rumo novo para fugir do engano. Me decepcionei, chorei, magoei e sofri.
E por isso, me mantenho distante do amor. Me mantenho longe de qualquer um que queira uma aproximação mais intima. Me mantenho longe, não daqueles que querem meu corpo, mas sim, o meu coração, a minha alma. Fujo de quem quer me conhecer verdadeiramente e descobrir meus mistérios. Fujo daqueles que se entregam e que só querem a mim e mais ninguém. Fujo, pois sei como é ter tudo isso. Já me entreguei. Já fui apenas de uma pessoa. E me machuquei. Me machuquei mais ainda por machucar o outro também.
Estou tão ferida e tão machucada, que não quero fazer isso com mais ninguém. Não quero que sofram por enganos meus. Sei do mal que posso causar devido as minhas incertezas. E por ter tantas incertezas, tantas dúvidas, não quero me aproximar de ninguém no momento.

Eu machuco as pessoas. Minto. Prendo-as a mim. Faço promessas, juras de amor eterno. Causo tanto mal, por eu mesma acreditar no que digo. Assim, prefiro esperar para me entregar novamente e acolher alguém em meu coração. Porque, mesmo com tantas amarguras, tantos desacertos e tropeços, ainda acredito no amor.

Tenho que acreditar, não existe nada de melhor nesse mundo. Não posso deixar de idealizar aquele homem que aparecerá um dia e me fazer ter certeza de tudo. Aquele que irá me calar com suas atitudes doces e me dará tudo o que preciso. Tudo o que preciso para meu coração.

Um dia, aparecerá alguém no qual eu me apaixone e ame. Que me ensinará a amar verdadeiramente, e não apenas ser amada. Pois, meu egoismo nunca me permitiu que aprendesse a amar. Quero uma pessoa que me faça sentir, que me poupe palavras, alguém que se conecte comigo e me entenda.

Preciso de alguém feito para mim, sem mais nem menos, de forma inexplicável. Que me respeite, me apoie, me entenda, me evolua e sonhe comigo. Um alguém que caminhe na mesma direção que eu e que, quando aparecer, me fará entender o porquê de toda essa espera.

No momento, esse alguém não tem rosto, não tem nome, não tem cheiro. Esse alguém talvez não exista no meu dia-a-dia, ou talvez, nem seja percebido. Mas esse alguém já me é especial, me faz sentir saudades, mesmo sendo desconhecido, me causa uma ânsia, uma curiosidade de conhecê-lo. Esse alguém um dia saberá que será amado por mim, como nunca foi em toda a sua vida.
Quando nos encontrarmos, a dor de ambos passará e não precisaremos de mais nada, apenas de nós mesmos. Esse alguém, ainda não chegou e não sei quanto tempo demorará para tanto, mas enquanto isso, aprendo a me amar, me conhecer e, acima de tudo, tentar não me magoar, para que meu coração esteja em perfeitas condições de se encaixar ao dele. Sem danos e sem lesões, somente o amor, da forma mais verdadeira que tiver, da forma que jamais conheci.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s