Praia

 

 

Neste verão não pude ir a praia por inúmeros motivos, o que é extremamente desanimador para mim, pois lá é o único lugar onde eu realmente gostaria de estar.

 

Não pude ir, mas meu coração realmente está no litoral. Quando fecho os olhos quase posso sentir e recordar dos momentos em que lá vivi. Sinto a água me cobrindo até os joelhos, naquele ritmo de vai e vem que tanto relaxa e acalma, olho para trás e vejo as pessoas caminhando na areia tão tranquilas e despreocupadas, o som das ondas parece não incomodar ninguém, só tornar aquele lugar mais maravilhoso do que já é.

 

Tudo parece quase perfeito, até que olho para o céu imenso, azul, limpo, com poucas nuvens e que acaba lá no fim do mar, uma paisagem que parece ser infinita e que nos dá vontade de nos perder, isso sim é perfeição.

 

Durante minha nem tão longa vida, já estive em diversas praias, umas mais bonitas que outras, mais simples ou não, mas todas me transmitiam a mesma sensação de estar em meu habitat natural, de estar em meu lugar e não precisar de mais nada, apenas ficar debaixo d’água nadando para sempre, com uma vontade intensa de nunca voltar para São Paulo, pois ali realmente era meu lar.

 

Talvez seja por isso que, vivendo aqui, me sinto assim, sem propósito, desanimada e entediada ou melhor dizendo, um peixinho fora d’água.

2015-01-15-10-41-25

 

Bom verão a todos!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s