A gente precisa entender o que é amar

A gente não precisa viver de meios abraços, meios sorrisos ou beijinhos sem graça.

A gente não deve ter preguiça de conversar um com o outro, de dizer que está com saudade e de dar aquele abraço apertado toda vez que se encontra.

Se um precisa de ajuda, seja para desabafar, resolver algo ou até para discutir, a gente não tem que medir esforços, é preciso conversar até fazer o outro se sentir bem.

A gente não tem que fazer tudo isso por obrigação. A gente faz porque gosta e de forma espontânea, sem pensar se está vulnerável ou não, se tem alguém fazendo mais ou menos.

A gente faz porque ama e entende o que isso significa. A gente não precisa agredir, mas só querer o bem do outro e confiar que receberá isso de volta, sem cobrança, sem choro e sem sofrimento.

A gente precisa ser leve e se deixar levar. Sem ficar buscando insistentemente por algo ou forçando o que não vale mais o nosso esforço.

A gente não precisa saber o caminho, mas sim deixar a alma voar na direção certa. E confiar que ela saberá onde pousar.

Anúncios

Um comentário sobre “A gente precisa entender o que é amar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s